InícioInício  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe
 

 G7 dá 100 dias aos bancos para revelarem perdas

Ir em baixo 
AutorMensagem
Presidente da Junta
Admin
Presidente da Junta

Mensagens : 944
Data de inscrição : 17/10/2007

G7 dá 100 dias aos bancos para revelarem perdas Empty
MensagemAssunto: G7 dá 100 dias aos bancos para revelarem perdas   G7 dá 100 dias aos bancos para revelarem perdas EmptyDom Abr 13, 2008 1:52 pm

What a Face


ANTÓNIO PEREZ METELO



Euro está próximo de um valor que o deixa desligado da economia.


Os ministros das Finanças e os governadores dos bancos centrais do G7, os sete países mais ricos do mundo, reunidos em Washington, fizeram um ultimato às instituições financeiras para que ponham às claras, num prazo de 100 dias, as suas perdas e os riscos futuros em que incorrem devido à crise financeira internacional. Ao mesmo tempo, elogiaram as inúmeras instituições financeiras que já o fizeram, assu- mindo perdas, reduzindo activos e, quando considerado necessário, anunciando operações de reforço dos capitais próprios. Para encerrar um período de grande desconfiança e tensão nos mercados financeiros, torna-se necessário que a banca revele as estimativas de perdas dos seus instrumentos financeiros complexos e não-líquidos, que permanecem ocultados. Ora, quanto maior é a complexidade dos produtos derivados, mais difícil se torna contabilizar a sua exposição exacta à crise.

A coordenação de actuações entre bancos centrais com o fim de garantir o regular funcionamento dos mercados monetários foi enaltecida na reunião. E os países com grandes excedentes das suas contas externas, em especial a China, são exortados a revalorizar o valor externo das suas divisas, embora se reconheça que as autoridades de Pequim têm introduzido elementos de flexibilidade na paridade externa do yuan. Nas relações entre o euro e o dólar norte-americano, as autoridades europeias registaram com "grande atenção" a reafirmação por parte dos homólogos dos EUA ser de seu interesse promover um dólar forte. Mas Joaquín Al munia, comissário europeu para os Assuntos Económicos, alertou a assembleia para o facto do euro estar próximo de atingir uma taxa de câmbio real, que o desligaria dos fundamentos reais da economia.

A ministra francesa da Economia, Christine Lagarde, revelou que os países do G7 querem evoluir para um funcionamento "mais responsável e transparente dos mercados".

Na reunião da Primavera dos 185 países membros do FMI, começou a ser discutida a actual crise financeira - a pior desde 1929 - bem como a evolução da reforma da instituição. Segundo a organização sediada em Washington, os EUA deverão sofrer este ano uma "ligeira recessão", que fará abrandar o crescimento da economia mundial, dos cerca de 5% em 2007 para os estimados 3,7% no corrente ano.

Diário de Notícias
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
G7 dá 100 dias aos bancos para revelarem perdas
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Economia-
Ir para: